quarta-feira, 30 de julho de 2008

Quero ser John Grisham!

Olha eu quando crescer! Este é John Grisham, um dos escritores americanos mais lidos no mundo e que sempre conta os desmandos dos escritórios de direito dos EUA.Tem quem queira ser madrinha de escola de samba, outros que querem apresentar programas de TV. Tem também aquele que adoraria ser o dono da empresa só para mandar seu chefe embora. Eu quero apenas ser John Grisham.

Esse escritor americano é um dos mais lidos e relidos do mundo e já vendeu quase 250 milhões de livros. Não sabe quem é o american boy? Já ouviu falar dos filmes “O Dossiê Pelicano” (com Julia Roberts) e “A Firma” (estrelado por Tom Cruise)? Pois é... Tudo livro do homem. E tem muitos e muitos outros - são mais de 20 títulos escritos em 20 anos de carreira.

Grisham era advogado e sempre desejou ser escritor. Para não atrapalhar suas dez horas de labuta-operária nos escritórios de advocacia por onde passou, ele escrevia em horários, digamos, bem alternativos. Todos os dias de 1984 a 1986, às 5 da manhã, já estava no computador (mentira: naquela época era máquina de escrever), para finalizar sua primeira obra: “Tempo de Matar”, que virou filme com Sandra Bullock e Matthew Macgonery.

Emplacar o primeiro livro não foi fácil. John bateu na porta de mais de 30 editoras e recebeu NÃO de vários agentes literários. Até que uma pequena editora apostou no rapaz de 33 anos e publicou seu primeiro título. Grisham continuou escrevendo e trabalhando como advogado até focar totalmente sua vida em suas – ótimas – histórias que expõem os bastidores do mundo das leis e dos tribunais americanos.

Viu só como sou uma pessoa simples quando digo que quero ser John Grisham quando eu crescer?

Clique aqui para ler todos os livros desse americano.

Um comentário:

Orlando disse...

"O Inocente" é o melhor livro dele. não é ficção.