quarta-feira, 29 de julho de 2009

Neva em São Paulo...

neve na casa de Beto Ribeiro em São PauloSegundo o livro "Neve no Brasil", São Paulo já acordou nevada em 1918. Minha avó não lembra de nada. Mas também a jovem senhora Dona Alzira só viria a nascer alguns anos depois. Bem... Assim diz o livro que já tivemos por aqui nos trópicos ares de europeus. Uma delicia fofa de nevasca breve e feliz.

Mas, na madrugada de hoje, 29 de Julho, em São Paulo, só dormiu quem tem sono de neve na casa de Beto Ribeiro em São Paulopedra mesmo. E não de gelo. O que caiu de granizo não foi brincadeira. Como o escritor aqui vive muito bem obrigado, a varanda que vê toda a cidade não tem teto. Então, foi gelo em todas as janelas da casa, em todos meus 6 metros de pé direito. Um barulhão e um medão também. Estava esperando as janelas estourarem. Mas a construtora era mesmo boa e o vidro de primeira. Terminou tudo sem nem um racho nas vidraças. O mesmo não posso dizer das plantinhas... Triste. Vasos de orquídeas quebrados, flores assassinadas pelas pedras de gelo, minhas lindas lavandas maltratadas.

Só valeu ver o terraço lotado de gelo, brincando que era novaiorquino. Dá uma olhada no vídeo. E na vista que tenho todos os dias... Desculpa, tá?


video

terça-feira, 28 de julho de 2009

Proposta Indecente

O novo filme-coqueluche de Sandra Bullock, "A Proposta" vale o ingresso. O casal protagonista do filme agrada e ganha a plateia. Ainda mais com o sarado-tudo-de-bom Ryan Reynolds, que aparece peladão pra alegria da galera.

Uma chefe linda e fechada para qualquer emoção humana descobre que é uma pessoa como outra qualquer quando cai nas garras da área de imigração dos Estados Unidos. Sim, a poderosa não é americana, é canadense. Para ela, era a mesma coisa. Mas não é. Na-na-ni-na. Pra não ser deportada e perder seus poderes corporativos, Sandra Bullock pede Ryan em casamento. Detalhe: ele é assistente dela. E ela sempre foi uma víbora com o bonitão. A partir daí, a trama já fica fácil: ele se vinga de todo o inferno que a chefona fez na vida dele, e, por que não, uma paixão sem qualquer sentido acontecer entre os dois? Por que não?

Curiosidade sobre o novo galã do momento. Ryan Reynolds largou Alanis Morissete para ficar com a femme fatale Scarlet Johnson. A cantora ficou arrasada pela perda do amado, engordou feito peru em véspera e desandou a se deprimir. Mas nada como uma volta por cima. Hoje ela solta a voz na estrada, correu, literalmente, atrás do prejuízo e voltou mais gata do que nunca. Viva a dor de corno!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

PROIBIDO FUMAR

Cigarro fede. Cigarro é chato. Cigarro incomoda sim. Tomara que a lei anti-fumo de cigarro de São Paulo pegue pra valer. Podia ter outra também contra cachorro em restaurante. Pronto, falei!




quarta-feira, 22 de julho de 2009

Tijolo também é método de contratação em firmas!

O método consiste em colocar todos os candidatos num galpão e disponibilizar 200 tijolos para cada um.

Não dê orientação alguma sobre o que fazer. Em seguida, tranque-os lá e, após seis horas, volte e verifique o que fizeram.

Segue a análise dos resultados:

1 - Os que contaram os tijolos, contrate como contadores.

2 - Os que contaram e em seguida recontaram os tijolos, são auditores.

3 - Os que espalharam os tijolos são engenheiros.

4 - Os que tiverem arrumado os tijolos de maneira muito estranha, difícil de entender, coloque-os no Planejamento, Projeto e Implantação e Controle de Produção.

5 - Os que estiverem jogando tijolos uns nos outros, coloque-os em Operações.

6 - Os que estiverem dormindo, coloque-os na Segurança.

7 - Aqueles que picaram os tijolos em pedacinhos e estiverem tentando montá-los novamente, devem ir direto à Tecnologia da Informação.

8 - Os que estiverem sentados sem fazer nada ou batendo papo-furado, são dos Recursos Humanos.

9 - Os que disserem que fizeram de tudo para diminuir o estoque mas a concorrência está desleal e será preciso pensar em maiores facilidades, são vendedores natos.

10 - Os que já tiverem saído, são gerentes.

11 - Os que estiverem olhando pela janela com o olhar perdido no infinito, são os responsáveis pelo Planejamento Estratégico.

12 - Os que estiverem conversando entre si com as mãos no bolso demonstrando que nem sequer tocaram nos tijolos e jamais fariam isso, cumprimente-os com muito respeito e coloque-os na Diretoria.

13 - Os que levantaram um muro e se esconderam atrás são do Departamento de Marketing.

14 - Os que afirmarem não estar vendo tijolo algum na sala, são do Departamento Jurídico.

15 - Os que reclamarem que os tijolos 'estão uma merda, sem identificação, sem padronização e com medidas erradas', coloque na Qualidade.

16 - Os que começarem a chamar os demais de 'companheiros' , elimine imediatamente antes que criem um sindicato.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Emmy 2009!

A série de TV Poder S.A. vai ser tudo na vida da gente. Olha só como as séries americanas à la Poder tão que tão lá na terra do Obama. "Mad Men" e "The Office" estão concorrendo a melhor série dramática e de comédia no Emmy, respectivamente. E também nos quesitos de ator e atriz! O Emmy é um dos pricipais prêmios da TV americana, que acontece dia 20 de setembro.

Melhor série de drama
"Big love"
"Breaking bad"
"Damages"
"Dexter"
"House"
"Lost"
"Mad Men"

Melhor atriz de drama
Sally Field, "Brothers & sisters"
Kyra Sedgwick, "The closer"
Glenn Close, "Damages"
Mariska Hargitay, "Law & order: Special victims unit"
Elisabeth Moss, "Mad men"
Holly Hunter, "Saving Grace"

Melhor ator de drama
Bryan Cranston, "Breaking bad"
Michael C. Hall, "Dexter"
Hugh Laurie, "House"
Gabriel Byrne, "In treatment"
Jon Hamm, "Mad men"
Simon Baker "The mentalist"

Melhor atriz coadjuvante de drama
Rose Byrne, “Damages”
Sandra Oh, “Grey's anatomy”
Chandra Wilson, “Grey's anatomy”
Dianne Wiest, “In treatment”
Hope Davis, “In treatment”
Cherry Jones, “24 horas”

Melhor ator coadjuvante de drama
William Shatner, “Boston legal”
Christian Clemenson, “Boston legal”
Aaron Paul, “Breaking bad”
William Hurt , “Damages”
Michael Emerson, “Lost”
John Slattery, de “Mad men”

Melhor série de comédia
"Entourage"
"Uma família da pesada"
"Flight of the Conchords"
"How I met your mother"
"The office"
"30 rock"
"Weeds"

Melhor atriz de comédia
Julia Louis-Dreyfus, "The new adventures of old Christine"
Christina Applegate, "Samantha who?"
Sarah Silverman, "The Sarah Silverman program"
Tina Fey, "30 rock"
Toni Collette, "United states of Tara"
Mary-Louise Parker, "Weeds"

Melhor ator de comédia
Jemaine Clement, "Flight of the Conchords"
Tony Shalhoub, "Monk"
Steve Carell, "The office"
Alec Baldwin, "30 rock"
Charlie Sheen, "Two and a half men"
Jim Parsons, "The Big Bang theory"

Melhor atriz coadjuvante de comédia
Kristin Chenoweth, “Pushing daisies”
Amy Poehler, “Saturday night live”
Kristin Wiig, “Saturday night live”
Jane Krakowski , “30 rock”
Vanessa Williams, “Ugly Betty”
Elizabeth Perkins, “Weeds”

Melhor ator coadjuvante de comédia
Kevin Dillon, “Entourage”
Neil Patrick Harris, “How I met your mother”
Rainn Wilson, “The office”
Tracy Morgan, “30 rock”
Jack McBrayer, “30 rock”
Jon Cryer, de “Two and a half men”

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Amor de irmãs...

"Há tanto tempo que te amo" é francês. Um filme francês. O que deveria ser sinônimo de coisa chata. Mas não é. Não é mesmo.


A história é muito bem contada. O roteiro entrega aos poucos quem é a personagem principal: uma mãe que matou o filho de 6 anos. À primeira vista uma vaca ordinária, claro. Mas, no decorrer do filme, a persongem se desvenda e emociona. Coloca o expectador ao seu lado.


A atriz - que eu nunca tinha visto - é uma das melhores atrizes do "world", como diria meu amigo Bacana, o Henrique. Ela consegue ser enigmática como a personagem pede que seja.


A história gira em torno do reencontro de duas irmãs depois de 15 anos de afastamento. A mais velha matou o filho e a mais nova foi obrigada a viver longe da irmã. O começo do filme é uma das melhores apresentações de personagem que já vi no cinema. É como se chegassemos no meio de uma história. O conflito e a tensão já existe no primeiro segundo, quando uma espera pela outra na estação de trem. Existe apenas o silêncio, o beijo da chegada e o distanciamento da ex-presidiária. Mas existe claramente o amor da irmã mais nova. E é esse amor que transforma tudo.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Harry Potter 6, EU VI!

Bom demais esse Harry Potter e o enigma do príncipe. Três horas de filme que - para quem é fã do bruxo inglês - passam muito rápido. Podia ter ainda mais. Claro que em comparação com o livro faltou muita coisa. SPOILER: o velório que fecha o sexto volume da obra não existe no filme. Uma pena.

O ator que faz o ex-professor do Valdemort merecia ser pelo menos indicado a todos os prêmios de cinema. Já o já saudoso Dumbledore - o simpático velhinho da barba grande - merecia ganhar todos os prêmios. Não sei mais se é o personagem ou se é o ator que merece o Oscar. Mas que merece, merece. Talvez seja Dumbledore o personagem que mais conseguiu sair do livro para a telona. Por isso a tristeza da sua viagem final...

Foi impressionante ver a sessão das 15h lotada numa sala de mais de 300 pessoas. E isso se repetiu em todos os cinemas que passaram a saga de Harry Potter. E foi impressionante ouvir o silêncio da platéia. Nada como um bom filme, um bom personagem e uma história que chega ao seu penúltimo degrau para fixar o olhar do expectador. Só não gostei - e nunca gosto - do povo aplaudindo no final. Fica sempre um pouco ridículo. Mas aqui pode!

Parabéns para Harry!!!

Plac-plac-plac!!!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

1 ano, um blog novo!

Um ano depois do blog ter começado e lá se vão quase 250 textos publicados, média de 800 visitantes por semana e alguns comentários - menos do que eu gostaria, o povo prefere mesmo conversar por email.

Como eu acho que blog tem que ter função, o anterior, o pretinho básico, era totalmente voltado ao mundo corporativo e ao meu primeiro livro "Poder S.A - Histórias Possíveis do Mundo Corporativo". Agora, como o autor aqui que lhes escreve também mudou - a vida de executivo é coisa mesmo do passado e o escritor definitivamente ocupou o espaço - resolvi alterar o blog para algo egotrip total: o blog do Beto Ribeiro. Sobre o que vou escrever? Sobre tudo que eu quiser. A função agora deste espaço é soltar o verbo com a minha querida e inseparável ironia de sempre.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Olha, olha a água mineral!

Eu que não queria ser gerente de marketing das marcas de água depois da matéria do Mais Você - ótima por sinal. Antes de beber água ou pedir água, leia o rótulo e veja a matéria abaixo:

segunda-feira, 6 de julho de 2009

E o Oscar de 2010 vai para...

Filme Intrigas de Estado"Intrigas de Estado"!

Êta filme bom. Chega a dar inveja, sabe? O roteiro é perfeito, a direção é perfeita, as atuações são perfeitas. Saco de perfeição. Inveja pura!

"Intrigas de Estado" conta como a imprensa e os lucros das empresas já estão profundamente casados. Afinal, hoje, a maior parte dos jornais estão embaixo de um grave guarda-chuva corporativo. São grandes empresas e grandes empresários mandando na linha editorial de um jornal. E não mais grandes jornalistas.

Antes a imprensa deveria ser livre para que todas suas matérias fossem isentas e de interesse público. Como "Intrigas de Estado" mostra, a impresa ainda continua livre... Mas... deve prestar contas a seus chefes. Ou seja, se a matéria conflitar com empresas irmãs ou amigas de seu próprio jornal, calma. Muita calma nesta hora. Temos que entender o tamanho do problema para daí sim publicarmos... Jornalismo livre mesmo, né?
Filme Intrigas de Estado
Russell Crowe faz um jornalista das antigas. Daqueles que tem boas fontes em tudo que é lugar. E ainda ajuda a repórter novata vivida por Rachel McAdams a virar uma grande jornalista investigativa. Os dois descobrem que há algo de muito podre no ministério da defesa americano e também no senado do Estados Unidos - parece que o senado brasileiro andou pela terra do Barack Obama dando aulas para os politicos de lá. Rusell tá gordo e descabelado. Perfeito para o papel. Ben Affleck tem sua redenção neste filme e finalmente faz juz a um ator que tem até um Oscar em casa - ele ganhou por melhor roteiro em "Gênio Indomável" (1997). Helen Mirren está Helen Mirren, ou seja, ótima. O elenco todo merece indicação para o Oscar.

Que tá fazendo aí? Vá para o cinema logo que o filme já está saindo de cartaz. Afinal, "Intrigas de Estado" não poderia ser tão perfeito assim. Sua bilheteria está um fiasco... Pena.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Os meninos do pijama listrado

O menino do pijama listrado - o livroO livro e o filme "O Menino do Pijama Listrado" são imperdíveis. Sensíveis, delicados e marcantes.

A história gira em torno de um filho de um militar importante do nazismo em plena segunda guerra mundial. John Boyle, o autor, conseguiu mudar a ótica da narativa da História - sair dos olhos dos judeus para os alemães - e apresentar uma novidade: a ignorância dos alemães sobre o que era feito dentro dos campos de concentração.




Um pequeno alemão gentil e educado vira amigo de um pequeno judeu gentil e educado. Ambos com nove anos (no filme eles tem 8). Ambos nascidos no mesmo dia e no mesmo ano. Ambos procurando um amigo. São separados apenas pela cerca do campo de concentração. Ambos O menino do pijama listrado - o livrocom o mesmo fim...



Muito bonito - o livro e o filme. Muito bem escrito - o livro. E muito bem realizado - o filme.