quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Agradecimentos públicos e privados!

E já foi. As duas de lançamento incrivelmente já aconteceram. Agora, é deixar Poder S.A. tomar vida própria. Aqui, meus obrigados, beijos, afagos, abraços:

- Os primeiros agradecimentos vão, claro, para as mais de 400 pessoas que foram às noites de lançamento em SP e no Rio. Muito bom demais! Virou festa. Tem coisa melhor???

- Um beijo na minha mãe Marlene por todo o medo que teve quando contei para ela o que estava pensando em escrever. E também pelo medo que teve quando terminou de ler os originais. Alí percebi que tinha um bom produto-livro nas mãos.

- Ao Aru, pela parceria e paciência em cada parte do sonho de escrever e lançar o livro. Obrigado por ter lido a primeira história - mal - escrita e não ter me deixado desistir.

- À Taís pela amizade e carinho. E, claro, por ter estado comigo em todos os momentos importantes e nem tão importantes. O bom é que estamos sempre juntos.

- Ao Henrique Bacana pela capa bacana, pela campanha bacana, pela amizade bacana.

- Ao "Anjo que não aparece e tudo vê" por ter embarcado nesta história maluca e ter dado tanta risada com os personagens de Poder S.A.. Se hoje o livro passeia pelo universo do sucesso é graças a ela.

- Muitos beijos para minha santa trindade do último trabalho APD, MBV, AD - não vamos revelar os nomes das moças, né - que me deram apoio e muitos bons almoços japoneses com muito salmão e risadas.

- Obrigadissimo aos personagens que me deram excelentes - e divertidas - histórias de trabalho.

- Aquele abraço na Lu Machado que levou o livro a todos os ouvidos cariocas.

- Muitos beijos na Andrea Farias pela ajuda e trabalho dado de presente só pela amizade.

- Ao casal-fofo-sensação Anna e Celso pelo entusiasmo ao ler os originais do livro. Principalmente à Anna que fez festa em cada etapa de Poder S.A..

- À Olga Vlahou pela linda foto e pelo olhar certo.

- À Ana Paula Withmann pela coragem de assinar a quarta capa do livro.

- À minha mãe profissional, Terezoca, por ter lido os originais em pleno vôo para Grécia - sou chique, esqueceu? - e voltou cheia de vontade de escrever sua frase na quarta capa.

- Aos três que não quiseram dar a cara a tapa na quarta capa do livro e acabou dando ainda mais diz-que-diz quando assinaram "anônimo".

- À moça do interior lá de mendonça pela melhor história o livro..

- Aos Spotelers pela festa de toda terça à espera da chegada do livro.

- Às meninas da Nobel pelo talento e felicidade emprestados na execução do livro - Elena, Isabel, Eliana, Leticia, Vivi. E também ao Fernando que já virou amigo dos persongens do livro.

- E o melhor dos obrigados para quem leu o livro.






3 comentários:

Anônimo disse...

Bacana é vc.

Henrique Bacana disse...

Bacana é vc.

Anônimo disse...

Obrigada você!!! pelas horas de alegria e amizade. Você é realmente talentoso e original. Obrigada, por esta coragem, que nos inspira, quando segue em frente em busca do seu sonho. Você é um grande amigo e meu carinho por você eterno. Obrigada!! de sua amiga suposta anônima MBV