quarta-feira, 4 de junho de 2008

Cadê a tesoura pra eu picotar essa roupa-corporativa?

Deus, meu Deus. O que é isso? Por que temos que ver esse tipo de coisa? Pra que tanta provação? Esse é um tipo de cor que fica bem em qualquer pessoa, né? Principalmente no local de trabalho...

Este terninho é ótimo pra quem é bem clarinha e ficou doente a semana inteira. Valoriza. Nenhum chefe vai duvidar que você não estava bem quando saiu de casa. Dá vontade de bater nas moças de meio metro que colocam isto. Ninguém leva alguém a sério vestindo essa risca de giz com o vermelhão. Parece que chamaram os bombeiros!

Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça que são os trajes desses manequins. Coisa gostosa. Quando eu navegava por aí e por ali, caí de cara com essas fotos (não adianta insistir, não vou explicar como cheguei até a página com... ISSO). É difícil adjetivar numa só palavra esse tipo de moda-terror de mulher-executiva-que-se-acha-chique.

Não dá pra enganar, gente... Quer se fazer de fina, então tem que investir. Cuidado com esses trajes de qualidade duvidosa. Dá muito na cara que custou SÓ vinte reais. Não precisa gastar tudo o que tem num Dior - até porque não dá pra ir todos os dias para o trabalho com a mesma roupa. Mas existem lojas que vendem terninhos mais bem-feitos que esses taillers Chanel made in 25 de março.


Vender essas coisas feias devia dar multa pra loja...

3 comentários:

Lu disse...

Terninhos da Gregory!!

celso disse...

Mulheres se vestem assim, no ambiente corporativo, com a clara intenção de disputar espaço com os homens. São umas IDIOTAS! Perdem aquilo que mais as diferencia (a feminilidade) e se tornam apenas 'mais um'.
No fim do expediente, saem pra tomar um uisquinho com os colegas e fumar charuto.
Mais tarde, aprendem a coçar o saco e cuspir no chão!!!
Tsc, tsc, tsc...

Andrea Bourbon disse...

nossa que horror ! gente preconceituosa....